quinta-feira, 3 de setembro de 2015

Como foi a minha infância

Boa tarde fifoqueiros :)

Este post vai ao sabor de uma nova tag criada por um blogger que eu sigo, o Davide Rodrigues. Ele pensou em lançar uma nova tag - Como foi a minha infância - a qual eu aceitei e, por isso mesmo estou a fazê-lo. Como foi o Davide que fez esta tag eu irei organizar o post de acordo com a organização que ele tem o dele, pareceu-me o mais correto e o melhor.
O blog que nomeou esta tag foi: Um Blog Sobre Mim.

É importante não nos esquecermos do nosso passado e não nos esquecermos de quem fomos há uns anos atrás. Sabe bem recordar!

"Na infância bastava Sol lá fora e o resto se resolvia." (Fábio Carpinejar)
 Infância é não nos preocuparmos com mais nada, não pensarmos em muitas coisas, pensarmos só em brincar e qual vai ser a nossa próxima aventura. Não termos responsabilidades nem horários a cumprir. Não pensar em dinheiro, quanto custa isto e aquilo. Apenas pensar em novas coisas para nos entretermos, em estar com os nossos amigos e em fazer traquinices com eles. É não pensarmos em gordurinhas extras, em ter peso a mais, se esta peça fica bem ou não com aquela, sim porque essa tarefa normalmente cabe aos pais pensarem.

Brincadeiras preferidas

Sempre gostei imenso de brincar às profissões. Gostava de, com o meu melhor amigo na altura, brincar aos professores, às lojas, aos veterinários mas principalmente às lojas e aos professores. Adorava com ele fazermos os testes, prepararmos tudo, juntarmos umas esferográficas, uns papéis e dar asas à imaginação. Depois corrigíamos mesmo os testes, claro que também éramos nós que dávamos as respostas. Mas tudo isso me soava e parecia fantástico!
Quando brincávamos às lojas, isso então eu delirava. Era mesmo espetacular. Dos meus entreténs preferidos. Agarrávamos numa máquina calculadora (daquelas em que se punha um rolo de papel e saía um papel com as contas feitas), nas nossas comidas a fingir e com muita imaginação à mistura lá crescia e fazia sentido, pelo menos no nosso mundo, aquela loja.


Tattoos

Hoje em dia até gosto de tatuagens, porém, há uns tempos atrás não achava nada estético nem bonito. Só que quando era criança gostava tanto daquelas que vinham nos Bollycaos, nos cereais, que vinham como prémio em algo que os pais compravam. Sim, porque, que eu me recorde, nunca fui muito de pedinchar à minha mãe por me comprar coisas destas. Quando calhava uma era uma alegria colocar aquilo nos braços ou nos pulsos.

Coisas que todas as crianças adoram...e não só


Eu adoro desenhos animados, ainda hoje os vejo, mesmo aqueles da RTP2. Podem achar uma patetice mas sabe-me bem e acho um encanto ver aquelas coisas. Claro que quando era criança tudo isso tinha outra perspetiva e outro sabor mas hoje em dia também sabe tão bem! Lembro-me perfeitamente de acordar às 7h da manhã para ver os desenhos animados e ver o Disney Kids (o programa da SIC).

Acessórios

Mesmo em pequenina eu era doida e apaixonada por malas, tudo o que pertence ao Universo feminino. Sempre tinha aquela "pancada" de ir a uma loja dos 300 e pedir à minha mãe ou à minha avó uma malinha.

Sapatos altos

Não sei se todas as meninas passaram por isto, eu passei e foi uma parte da minha infância que me marcou muito. Andava sempre a experimentar sapatos altos. No armário da minha mãe nunca tive muita sorte, pois ela não os usa muito, no entanto, quando ia a casa das minhas avós era uma loucura. Desarrumava a sapateira toda.

Princesas e mundos encantados...

Quem nunca brincou às princesas ou se mascarou de uma? :) Quem não adorava os mundos encantados, as fadas e os mundos mágicos? Tudo isso fez parte da minha infância também. Aliás, houve um ano, que se não estou em erro, me mascarei de princesa e até tive direito a ter uns sapatinhos altos pequeninos.

Agora chegou a altura de partilharem comigo alguns momentos ou marcos importantes da vossa infância, que vos parece? Eu adoraria! :)

Blogs que nomeio..são 14

**Regras:
  • Indicar o link de quem nomeou;
  • Nomear o número de blog que quiser (como eu nomeei alguns blogs);
  • Falar do que mais gostaram de fazer na vossa infância
Espero que tenham achado tão interessante quanto eu este desafio. Achei o máximo e, portanto decidi mesmo participar e fazer parte desta tag. 

Beijinhos e boa semana :)